domingo, setembro 14, 2014

Sátiro


Peguei nesse blog. Sátiro, na mitologia grega, é uma criatura fantástica meio homem meio bode. Simboliza a safadeza e o prazer animal. Mas, nesse cartoon, ele me parece bem refinado. A moça, além de linda, tem um de meus favoritos fetiches, calcinhas grandes, a moda antiga.

Tirei o cartoon daqui.

domingo, setembro 07, 2014

A "Santa" e a Pecadora


Belo cartoon, com o que eu gosto: mão, bumbum, e deitada no colo, como uma boa menina má que precisa de umas palmadas. E é um bom cartoon para quem gosta de peitos também. Eu peguei ele nesse blog.

domingo, agosto 31, 2014

E, de novo, ainda mais amigas "brigando"...


Essa posição é chamada de "diaper position" em inglês, porque é parecida com a posição de um bebê quando trocamos as fraldas dele. Eu prefiro a posição mais tradicional "OTK", ou "over the knees", ou seja, sobre os joelhos, deitada no colo com o bumbum para cima. Mas é um belo cartoon, então eu acho que vale a pena publicá-lo.

Eu tirei o cartoon daqui. O autor parece ser Nemain Ravenwood.

domingo, agosto 24, 2014

Secretária?


Será a loira uma secretária? Pelo menos o spanker parece um chefe, com sua gravata negra, camisa branca e sapatos negros, bem engraxados. Gostaria de saber o autor do cartoon. Eu o peguei neste blog.

domingo, agosto 17, 2014

Jasmine está levando palmadas do Aladdin por ter se arriscado sem necessidade durante a batalha contra Jafar


Outro cartoon de super herói - já que eu considero o Aladim um super herói. Subiu muito, o Aladim. De moleque de rua a disciplinador de princesas. O cartoon eu tirei daqui. A autora é Emilia89.

domingo, agosto 10, 2014

Batman e Mulher Gato se divertem


Tem muito tempo que não coloco aqui nenhum dos nossos super heróis, não é? Bem, coloco agora um belo cartoon de Batman e da mulher gato. Tirei o cartoon daqui. O autor é antimad1.

quarta-feira, agosto 06, 2014

Para Viver um Grande Amor


Eu não ando só
Só ando em boa companhia
Com meu violão
Minha canção e a poesia
Para viver um grande amor, preciso
É muita concentração e muito siso
Muita seriedade e pouco riso
Para viver um grande amor
Para viver um grande amor, mister
É ser um homem de uma só mulher
Pois ser de muitas - poxa! - é pra quem quer
Nem tem nenhum valor
Para viver um grande amor, primeiro
É preciso sagrar-se cavalheiro
E ser de sua dama por inteiro
Seja lá como for
Há de fazer do corpo uma morada
Onde clausure-se a mulher amada
E postar-se de fora com uma espada
Para viver um grande amor
Eu não ando só
Só ando em boa companhia
Com meu violão
Minha canção e a poesia
Para viver um grande amor direito
Não basta apenas ser um bom sujeito
É preciso também ter muito peito
Peito de remador
É sempre necessário ter em vista
Um crédito de rosas no florista
Muito mais, muito mais que na modista
Para viver um grande amor
Conta ponto saber fazer coisinhas
Ovos mexidos, camarões, sopinhas
Molhos, filés com fritas, comidinhas
Para depois do amor
E o que há de melhor que ir pra cozinha
E preparar com amor uma galinha
Com uma rica e gostosa farofinha
Para o seu grande amor?
Eu não ando só
Só ando em boa companhia
Com meu violão
Minha canção e a poesia
Para viver um grande amor, é muito
Muito importante viver sempre junto
E até ser, se possível, um só defunto
Pra não morrer de dor
É preciso um cuidado permanente
Não só com o corpo, mas também com a mente
Pois qualquer "baixo" seu a amada sente
E esfria um pouco o amor
Há de ser bem cortês sem cortesia
Doce e conciliador sem covardia
Saber ganhar dinheiro com poesia
Não ser um ganhador
Mas tudo isso não adianta nada
Se nesta selva escura e desvairada
Não se souber achar a grande amada
Para viver um grande amor!
Eu não ando só
Só ando em boa companhia
Com meu violão
Minha canção e a poesia
Eu não ando só
Só ando em boa companhia
Com meu violão
Minha canção e a poesia
Eu não ando só...
Eu não ando só...
Eu não ando só...